Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

...RAIOS DE SOL

Assuntos do quotidiano, amor, família, amigos e várias experiências de vida. Fica por aqui ;)

...RAIOS DE SOL

Assuntos do quotidiano, amor, família, amigos e várias experiências de vida. Fica por aqui ;)

12
Abr19

Sushi tão bom

CÉLIA

Fui ao sakura, um restaurante japonês de sushi nesta semana e adorei 

Fui almoçar e foi muito bom. Não é caro e come-se bem. Quero lá voltar 

Adoro adoro sushi.

Os restaurantes de sushi que costumo ir são:

Sushi time

Arigato

e agora o Sakura

também fui uma vez ao koko

Destes todos fui mais vezes ao arigato mas como já vos disse o sakura também é muito bom.

 

 

26
Nov18

Noite atribulada

CÉLIA

Este fim de semana passado fui jantar fora e ... 

Nunca tal me tinha acontecido ....

Estava eu na entrada do restaurante quando uma senhora veio ter comigo e disse:

Tem as calças rasgadas, tem de tapar com a camisola 

Agradeci pois tá claro e fui para a mesa que estava reservada.

Ainda no restaurante, já na mesa, sujei a camisola com molho soja, foram duas nódoas sem eu dar por ela e para acabar a noite estou eu a rir que nem uma perdida e amando com o  garfo para o meio do chão.

Ora entre mortos e feridos fui uma autêntica bimba, palhaça nesta noite 

Só para vos dizer que antes de eu sair de casa já iamos atrasados para o jantar e foi assim um role de emoções toda a noite. 

Depois do jantar fui à baixa de Lisboa ver as luzes mas a árvore de Natal estava apagada 

 

 

14
Nov18

Chinês

CÉLIA

Há tanto tempo que não ia ao chinês almoçar e hoje foi o dia.

Lá fui com a minha irmã que me pagou o almoço. Comemos crepe, galinha com amêndoas, gambas com cogumelos e arroz chau- chau. Pois... foi tudo muito bom e para terminar, a sobremesa foi o belo do gelado frito.

Aiiiii soube-me tão bem.   

Aqui nas redondezas só temos um restaurante chinês que fica pertinho da minha casa eh eh eh. Este ano só lá fui 2 vezes, tenho de lá ir mais vezes, é barato e muito bom.

07
Out17

Os meus dias na aldeia

CÉLIA

Bom dia a todos!!!! Nesta quarta passada fui de viagem até à terra da minha avó que fica no concelho de Oleiros. Eram quase 10 horas quando partimos e chegamos por volta do meio-dia. Fomos almoçar ao mesmo sítio de costume, perto da ponte romana da Sertã. Pedimos cozido e foi muito mau porque depois de umas duas horas, a minha irmã estava mal disposta, eu e o meu marido estávamos só a arrotar com uma sensação de enfartamento. Jurámos que não comíamos mais cozido fora de casa. Passámos pelo lar da minha avó a visitá-la, fomos de seguida ao pingo doce para comprar comida e depois lá fomos de rumo até casa. Foram três dias espectaculares, na casinha do campo, passeámos pelas redondezas, fomos a Pedrogão Pequeno, ao miradouro, à barragem do Cabril e também ao rio que fica na aldeia da minha avó. Esteve tanto calor que nem imaginam, o sol era tão forte que me fez algumas dores de cabeça. A casinha da minha avó estava muito gira, pois em agosto quando lá estive, deixámos tupo limpo e arrumado. Outra coisa, nesta viagem fomos quatro como em agosto, fui eu, o meu marido, a minha irmã e a minha mãe. Mas tenho mais coisas para contar, na quinta fomos andar a pé e encontramos uma fila de javalis a correr pelos montes entre o mato. Vimos os bichos de longe a correr, foi mesmo engraçado, por outro lado vimos algumas coisas más como as florestas ardidas desde a Sertã, Vila de Rei até Oleiros. A barragem do Cabril está muito vazia, mais uma coisa nada boa para além de que está tudo muito seco devido à falta da chuva. Muito bom foi ver o luar e as estrelas, destas noites com lua cheia. O cheirinho do campo é maravilhoso, ainda trouxemos umas filhós oferecidas por uma vizinha e que me lembre também estivemos á beira da ribeira da Sertã onde vimos as folhinhas das árvores a cair, bebemos uma cervejinha num café perto da ribeira, pois o calor era insuportável. Quando fomos na sexta ver a barragem do Cabril, o miradouro de Pedrogão Pequeno e o rio da aldeia tirámos algumas fotos que aqui vos deixo. Como vos contei, fomos ao restaurante quando chegámos na quarta à Sertã, que não correu lá muito bem mas de resto, comemos sempre em casa comidinha caseira. A casa da minha avó tem uma lareira na cozinha, fazemos assados e desta vez assámos bacalhau e frebras na brasa. Soube tão bem e isto não temos em Lisboa. Há um cafézinho de gente muito simpática em Pedrogão pequeno onde fomos duas vezes, na quinta à noite e na sexta de manhãzinha. Regressámos a Lisboa na sexta à noite, estava o céu cheio do fumo do fogo em Ansião. Não nos livramos dos fogos e está tudo tão seco, precisamos mesmo de chuva, ela que venha por favor. Assim se passaram estes dias do campo que souberam mesmo tão bem, espero lá voltar brevemente.Tenham um bom fim de semana e Beijinhos

WP_20171006_10_46_44_Pro.jpg

WP_20171006_11_30_08_Pro.jpg

WP_20171006_11_30_38_Pro.jpg

WP_20171006_11_32_31_Pro.jpg

18
Ago17

Uma viagem maravilhosa à Madeira

CÉLIA

Em Outubro de 2010 fui a primeira vez à Madeira. Andei pela primeira vez de avião. Tinha eu 33 aninhos e diverti-me tanto. Lembro-me perfeitamente da viagem de avião, de ter ido ao curral das freiras, almoçar no Funchal, num restaurante fenomenal em que nos serviram uma travessa enorme de comida. Demos a volta à ilha de carro, comi banana a saber a ananas, fomos ao jardim botânico que tinha uma vista maravilhosa para o Funchal. Comprei licores para a família, um deles era de castanha, delicioso. Comi bifes de atum.Tive direito a massagem no hotel com desconto, que me soube mesmo bem.

Tenho tantas saudades desses dias, nem imaginam como foi tudo tão bom. Vivi uma viagem de sonho. Até hoje foi a minha viagem inesquécivel. Já passaram tantos anos e não esqueço. Tirei tantas fotos com o telemóvel, foi tão bom, tão bom. Gostei tanto, nem imaginam. São estas coisas boas da minha vida que me fazem tão feliz. 

Gostava tanto de viajar assim novamente. Conhecer um sitio tão lindo como a Madeira. A vida agora é mais complicada, o dinheiro voa, não chega para nada. 

Quem sabe um dia, lá vou eu à aventura... que DEUS me oiça.

 

DSC00304.JPG

 

03
Ago17

Praia da Caparica

CÉLIA

Hoje lá fui eu com a minha irmã, numa camioneta para a praia da caparica. Pelas 8.30 da manhã entrei na dita camioneta e cheguei às 9.30 à costa. Já na caparica, ainda fui ao café comer uma torrada e uma meia de leite antes de chegar à praia. 

Costumo ir à praia de carro mas desta vez lá fui eu, depois de tantos anos andar de novo nas RL. Quando era miúda ia na camioneta às 6 da manhã, fazia sempre uma semana de praia por volta de Junho ou Julho.

Então, assim que meti os pézinhos na praia, fui à água. Estava tão gelada que demorei a molhar-me. Não mergulhei nas ondas mas tive um bom bocado ali a apanhar as ondas nas pernas. A temperatura do sol estava óptima, ao meio-dia tivemos que sair por causa do calor e para almoçarmos.

O almoço foi uma aventura. Fomos ao barbas e meu Deus... calhou-nos um empregado de mesa que não dá para explicar. Fomos tão mal atendidas que nem pedimos quase nada, mesmo de propósito. Só para verem, a conta de nós as duas ficou-nos em 16 euros pois recusamos sobremesas, entradas e só pedimos uma dose de sardinhas.

No restaurante fiquei sem um boné que eu mal tinha usado, estava novinho. Só quando sai do restaurante é que me apercebi que me faltava o boné, voltei lá para o recuperar e nada. Sinceramente acho que me tiraram o boné enquanto estava destraida a almoçar, pois passavam muitas pessoas do lado de fora do restaurante e encostaram-se à esplanada onde nós estávamos. Podia ter sido pior, podia ficar sem a carteira mas felizmente isso não aconteceu.

Bem, lá fiquei sem o boné e fomos fazer tempo até às 4 horas. Voltámos para a praia e desta vez a água estava um gelo mesmo gelo. Não aguentei e fui logo para a toalha. Daí, não sai mais da toalha a não ser para ir de regresso a casa. Cheguei a casa toda suada pelas 7.15. 

Se foi um dia bom, foi, tirando o empregado de mesa e o boné. Assim se passou um dia cheio de aventuras...

 

Mais sobre mim

foto do autor

Blogs Portugal

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D