Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

...RAIOS DE SOL

Assuntos do quotidiano, amor, família, amigos e várias experiências de vida. Fica por aqui ;)

...RAIOS DE SOL

Assuntos do quotidiano, amor, família, amigos e várias experiências de vida. Fica por aqui ;)

07
Abr21

Desafio caixa de lápis de cor - Castanho Escuro

CÉLIA

Olá bom dia !!!

Temos o desafio da caixa de lápis de cor feito pelo blogue porque eu posso da  Fátima bento.

Estamos quase a chegar ao fim, temos hoje o castanho escuro e para a próxima semana temos outro texto. Fiquem por aqui.

 

comboio.jpg

 

Amanheceu! Estava um dia repleto de nevoeiro e partiu de comboio pelas sete e meia da manhã. Foi uma despedida dolorosa para os pais mas Francisco tinha decidido ir para longe da aldeia onde nasceu. Precisava trabalhar e um amigo que já estava em Lisboa, ajudou-o a mudar-se também. 

Francisco abraçou os pais, estava nervoso e pensativo. "Tinha feito bem", pensava ele. 

Estava no comboio longe de tudo, e via estes últimos tempos de despedida nos seus pensamentos.  Era um homem já com trinta e cinco anos, tinha trabalhado em tudo que aparecia para fazer na aldeia, mas nos últimos tempos a vida complicou-se. Iria trabalhar com o amigo Luís numa padaria para poder ajudar os pais que estavam com dificuldades.

Não sabia se iria ficar muito tempo em Lisboa mas estava tudo tão incerto. Agora teria de se adaptar a estar num sítio diferente, outras pessoas e outros hábitos.

Quando chegou finalmente a Lisboa foi de táxi até à morada indicada pelo  amigo. Já conhecia Lisboa de outras alturas que tinha ido visitar família e amigos mas agora teria de ficar e ficar.  Assim, quando chegou ao prédio antigo, telefonou ao Luís que depressa veio ter com ele para ajudar a trazer a mala castanha escura e alguns sacos de viagem. 

Francisco quando entrou em casa de Luís, ficou estranho. A casa estava arrumada e limpa mas não era a sua casa. Estava triste por deixar a sua aldeia e assim começou a nova etapa da sua vida. Adaptou-se e trabalhou muito para sustentar a família. Foram tempos muito difíceis porque também não gostou do ambiente do trabalho. Quando podia, ia até ao rio e à praia, era onde se sentia bem. Nas férias ia sempre  a casa dos pais. A vida é dura e sofrida mas passados uns quatro anos, as coisas começaram a melhorar e um dia Francisco apareceu de surpresa na aldeia já com toda a sua bagagem, a sua mala enorme castanha escura já vinha também. A mãe e o pai encantados da vida contavam ao filho como tudo estava melhor na aldeia e mais tarde, Francisco, conseguiu fazer uma pequena loja  na casa dos pais para vender pães e bolos.  O tempo mudou, a vida mudou, tudo melhorou.

 

Neste maravilhoso desafio participam 

EuFátima,A Marquesa,Concha,  A 3ª Face,  Maria Araújo,  Peixe Frito,  Imsilva,  Luísa De Sousa,  Maria,  Ana D.,  Charneca Em Flor,   Gorduchita,  Miss Lollipop,  Ana Mestre  Ana de Deus,  Cristina Aveiro,  bii yue,  José da Xã ,  João-Afonso Machado,Olga

 

Parabéns amigos  por textos fantásticos !!!!!

 

 

31
Mar21

Desafio da caixa de lápis de cor - vermelho

CÉLIA

Bom dia pessoal! 

 

Espero que gostem do texto de hoje, temos o desafio da caixa de lápis de cor com a cor vermelho - 11º texto.

A autora deste desafio é a Fátima Bento com o seu blogue porque eu posso

 

 

Estamos  mesmo a chegar aos dias de Páscoa. Para mim tenho de escrever sobre estes dias que se fala da paixão de Cristo. Muitos não acreditam em nada mas faz-se comércio destes dias para ganhar mais dinheiro. Não vou aqui querer obrigar ninguém a acreditar em Jesus, Deus mas vou escrever o que sinto. Não sei porquê, mas em minha casa não se ia missa, não se falava muito em Deus mas colocaram-me na catequese. É das tais coisas que fazem porque parece bem, é uma vergonha se não se vai à catequese e tal. Eu como bem mandada, fui e  Deus quiz que eu acreditasse mesmo nEle e senti muito carinho por tudo o que via a ouvia sobre Ele. Eu ia à missa quando queria ir, rezava e  os meus pais quase nunca foram nem vão à missa ou rezam. Isto não se explica, sente-se e quando fui a primeira vez a Fátima, passei a ir sempre que surge opurtunidade porque sim, quero muito e eu própria nem sei porquê. O amor é coração vermelho que sente e não se explica. Quem ama, sabe o que é sentir e não mandarmos nesses sentimentos mas também temos de estar com abertura para que esses sentimentos aconteçam. Assim quero vos desejar uns dias bons para esta Páscoa e temos mesmo que agredecer se temos comida, tecto e família connosco. 

Beijinhos e passem uma excelente semana! 

 

Neste desafio participam:

EuFátima,A Marquesa,Concha,  A 3ª Face,  Maria Araújo,  Peixe Frito,  Imsilva,  Luísa De Sousa,  Maria,  Ana D.,  Charneca Em Flor,   Gorduchita,  Miss Lollipop,  Ana Mestre  Ana de Deus,  Cristina Aveiro,  bii yue,  José da Xã ,  João-Afonso Machado,Olga

 

Todas as quartas feiras e durante 12 semanas publicaremos um texto novo inspirado nas cores dos lápis de cor que dá nome ao desafio. Acompanha-nos nos blogues de cada um ou através da tag "Desafio Caixa de lápis de Cor". Podes também participar, junta-te a nós.

 

cruz.jpg

 

 

03
Mar21

Querido Arcanjo

CÉLIA

Olá bom dia 

Hoje é dia de desafio da Caixa de lápis de cor feito no blogue da Fátima Bento

Estamos já a chegar ao 7º texto e tem sido muito bom todo o trabalho de todos.

A cor de inspiração para o texto de hoje é azul claro.

miguel.jpg

 

 

 

As cores lindas do Arcanjo Mikael são os azuis de tons claros. Este Arcanjo dá proteção divina, protege-nos contra o mal, as forças negativas e o pessimismo. Existem várias orações dele de proteção. Eu comecei a me interessar por ele já há uns anos que surgiu do nada na net, no youtube. Há quem não acredite em nada e ache que os anjos e arcanjos são apenas histórias mas quem reza e pede proteção sente que a vida corre melhor com a sua proteção. Existem muitos anjos e arcanjos e todos ajudam de várias formas. Isto não se explica, sente-se e os anjinhos e arcanjos são muito bons protetores.

O Arcanjo Mikael pode se manifestar de muitas maneiras. Podemos sentir calor ou arrepios, surgir o nome dele muitas vezes, termos sonhos com anjos, ver as cores violeta, azul e do sol. Ele manifesta-se na nossa vida para nos alertar de situações difíceis e que está a proteger. Ele é um anjo que está sempre presente a quem lhe pede pede ajuda, estará sempre presente nas nossas vidas se quisermos estar em sintonia com ele.

Para quem tiver interessado pode procurar as suas orações pela net e nos livros dos anjos. Deixo aqui algumas das orações...

 

Oração de Protecção do Arcanjo Miguel

São Miguel à frente,

São Miguel atrás,

São Miguel à direita,

São Miguel à esquerda,

São Miguel acima,

São Miguel abaixo,

São Miguel, São Miguel onde quer que eu vá

eu sou o seu Amor que protege aqui  (3x)

 

 

Arcanjo Mikael 

Eu me ligo simplesmente à Tua presença

Peço a Tua ajuda ao nível dum despertar

ainda maior da minha consciência humana,

para integrar a minha verdadeira realidade como ser de Luz.

Eu me ligo à Tua presença

Eu me abro ao Teu amor.

Aceito que deposites no meu coração

o imenso Amor que tens para me dar.

Reconheço-te não somente como O SER

que corta os laços e vem restabelecer a ordem,

mas também como o ser que vem dar-me um imenso 

Amor que me permitará avançar

muito mais para o meu futuro.

 

 

 

 

 

Neste desafio participam....

FátimaConcha,  A 3ª Face,  Maria Araújo,  Peixe Frito,  Imsilva,  Luísa De Sousa,  Maria,  Ana D.,  Charneca Em Flor,   Gorduchita,  Miss Lollipop,  Ana Mestre  Ana de Deus,  Cristina Aveiro,  bii yue,  José da Xã , João-Afonso Machado

Todas as quartas feiras e durante 12 semanas publicaremos um texto novo inspirado nas cores dos lápis de cor que dá nome ao desafio. Acompanha-nos nos blogues de cada um ou através da tag "Desafio Caixa de lápis de Cor". Podes também participar, junta-te a nós.

 

 

24
Fev21

Pôr do sol

CÉLIA

Bom dia 

Hoje é dia de desafio da Caixa de Lápis de Cor do Blog Porque eu posso  Da Fátima.

Para hoje temos a cor de inspiração... o laranja.

Espero que gostem.

 

WP_20191205_17_12_53_Pro.jpg

sol.jpg

 

 

Algo que devemos assistir de maravilhoso é o nascer do sol e o por do sol com os seus amarelos, laranjas e vermelhos. São cores lindas do calor do sol pois parece que o mesmo vai rebentar. Na nossa janela de casa, na praia, no campo, seja em qualquer lugar é uma imagem magnífica do universo. 

As coisas magnícas deste mundo, são autênticos presentes maravilhosos que nos enchem o coração e a alma. Há coisas explêndidas e quando me lembro do sol também me lembro da lua. Sempre gosto de admirar a lua cheia e as estrelas. Um céu magnifico todo estrelado é lindo e assim vos deixo com estas coisas lindas da nossa vida que temos mesmo de dar muito valor.

 

Neste desafio estão presentes:

FátimaConcha,  A 3ª Face,  Maria Araújo,  Peixe Frito,  Imsilva,  Luísa De Sousa,  Maria,  Ana D.,  Célia,  Charneca Em Flor,   Gorduchita,  Miss Lollipop,  Ana Mestre  Ana de Deus,  Cristina Aveiro,  bii yue,  José da Xã e João-Afonso Machado

 

Todas as quartas feiras e durante 12 semanas publicaremos um texto novo inspirado nas cores dos lápis de cor que dá nome ao desafio. Acompanha-nos nos blogues de cada um ou através da tag "Desafio Caixa de lápis de Cor". Podes também participar, junta-te a nós.

 

 

 

17
Fev21

O pequeno xico

CÉLIA

Bom dia !!!! 

Hoje temos mais um dia de ....

Desafio da caixa de lápis de cor no blogue da Fátima Bento

A cor de inspiração de hoje é o azul cobalto.

 

Era tempo da cereja e do morango e andava feliz a pequena criança que queria ser crescida. Brincava contente no quintal da pequena casa com pequenos instrumentos de jardim. Havia ali perto uma nascente e como queria regar as pequenas plantinhas do quintal decidiu percorrer o curto caminho com o jarro azul até à fonte. Encontrou um cachorrinho que parecia muito contente a ladrar e a correr. De quem seria aquele cãozinho?... pensou ela que gostava tanto de cães. Foi até à fonte, encheu o jarro azul de água e arrastou-o até casa. Quando chegou ao quintal estava o cachorrinho à espreita que correu para ela. 

- Que bonito que tu és? Será que estás perdido?

A miúda ficou tão feliz de ver que o cachorrinho que veio atrás dela, então decidiu ficar com ele. 

O pai logo apareceu e admirou-se com pequeno. 

-Luísinha de quem é o cão?

-É nosso paizinho.

O pai deu uma gargalhada e olhou o bichinho que estava todo contente a brincar com a criança. O pai pensou...se não aparecer o dono já sei que vai cá ficar. Conhecia bem a sua filha, sabia como ela gostava de animais e se ele estava ali perdido, porque não ficar...

- Olha pai, vai se chamar  Xico, xiquinho!!!!

O céu de um azul lindo brilhava ainda mais com o sol ao alto. Xico encontrou um lar.

 

Neste desafio estão presentes:

FátimaConcha,  A 3ª Face,  Maria Araújo,  Peixe Frito,  Imsilva,  Luísa De Sousa,  Maria,  Ana D.,  Célia,  Charneca Em Flor,   Gorduchita,  Miss Lollipop,  Ana Mestre  Ana de Deus,  Cristina Aveiro,  bii yue,  José da Xã e João-Afonso Machado

 

 

 

 

10
Fev21

Caminhar na bela natureza

CÉLIA

BOM DIA !!!!! 

 

Hoje só tenho na cabeça a natureza para fazer mais um texto.

Hoje temos como inspiração o verde escuro do desafio da Caixa de lápis de cor  no            Blogue da Fátima

4º texto do desafio....

 

A natureza é das coisas mais lindas da vida. Quando pensamos em florestas grandes e bosques quase sentimos o cheiro, a frescura. Esse cheiro incrível dos pinheiros e outras árvores cheias de vida. Tinha de escrever sobre isto porque é das coisas que mais gosto.

Sem ela não vivemos. Somos parte dela e sentimos a sua falta.

Quando o dia começa, adoro sentir o acordar da natureza à nossa volta com os pássaros que não param de cantar. Aquelas serras de um verde escuro cheias de árvores carregadas de folhas ou rama. São deslumbrantes. Depois temos os rios, riachos e ribeiras com um som lindo da água a correr. É simplesmente magnífico.

Os animais percorrem os campos. Vemos ovelhas e cabras a pastar. Pequenos bichos que sobem as árvores e fogem. As corujas de noites que fazem aquela cantadeira. Os cães que uivam. Tanta coisa que nos dá esta mãe natureza. É um dever proteger. 

Ao pensar nisto tudo tenho de vos contar uma pequena história...

Partiu  à aventura pela floresta e queria fazer uma caminhada diferente por aquele trilho que lhe tinham falado. Seria a primeira vez a andar tanto mas estava convencida que iria conseguir.  

O tempo passava e o caminho estava a ficar para trás. Andou por  caminhos com muitas pedras, altos e baixos. As pernas já fraquejavam mas continuou  por aquele monte verde escuro, cheio de arbustos, árvores  e com uma vista linda.

Foi  difícil, até porque a uma determinada altura as pernas falharam e caiu com os joelhos na terra com pedras afiadas ficando um pouco ferida.  Já era tarde e estava a anoitecer, então decidiu regressar ao ponto de partida. Não sabia quanto andou mas chegou bem ao final apesar de não ter percorrido os quilómetros previstos. 

Foi um dia diferente, de aventura e de risco mas cumpriu, andou pelo monte até ficar de rastos.  Se isto não era radical, para ela foi um desafio a ela própria  e tanto. Uma experiência a guardar.

 

 

Neste desafio temos...

FátimaConcha, A 3ª Face, a Maria Araújo, a Peixe Frito, a Imsilva, a Luísa De Sousa, a Maria, a Ana D., a Charneca Em Flor,  a Gorduchita, a Miss Lollipop, a Ana Mestre a Ana de Deus, a Cristina Aveiro, a bii yue,  José da Xã e o João-Afonso Machado.

 

03
Fev21

Mar e sol

CÉLIA

selo.png

 

 

Bom dia !!!!   

Hoje é o dia do terceiro texto  do desafio Caixa de lápis de cor feito no Blogue da Fátima.

Nesta semana, a cor de inspiração é o preto.  Sinceramente não gosto da cor mas vou tentar fazer desta cor uma cor brilhante na mesma como as cores claras que dão boa energia.

 

Estava sentada na areia da praia. Raquel gostava de sentir o preto das cores do seu fato de banho. Era novo, bastante decotado e ficou feliz porque estava ali perto do mar, do sol do cheiro maravilhoso da maresia.

Vai um gelado com certeza, um cornetto de morango para juntamente de um livro apreciar aquele momento feliz.  Que alegria estar ali com o seu amor naquele dia. Nada iria estragar aqueles momentos tão especiais.

Depois de uma manhã a apanhar sol  estava na hora de partir pois tinham de regressar a casa.  Pedro abraçou Raquel com um beijo e marcaram mais um dia no seu diário da vida matrimonial cheio de felicidade. 

O amor dá cor à vida, cheio de luz e energia. Era bom que houvesse amor em todo o lado, todo o tipo de amor. 

Aqui vos deixo mais um dia do desafio de uma forma positiva, pois para negativo já chega os noticiários todos os dias.

Beijinhos 

 

Neste desafio estão presentes 

FátimaConcha, A 3ª Face, a Maria Araújo, a Peixe Frito, a Imsilva, a Luísa De Sousa, a Maria, a Ana D., a Charneca Em Flor,  a Gorduchita, a Miss Lollipop, a Ana Mestre a Ana de Deus, a Cristina Aveiro, e a bii yue.

 

27
Jan21

O gelo do Inverno

CÉLIA

selo.png

Bom dia !!!! 

Hoje é o dia do segundo texto  do desafio Caixa de lápis de cor feito no Blogue da Fátima.

Nesta semana, a cor de inspiração é o castanho. Espero que gostem da minha inspiração, então cá vai ...

 

 

Naqueles Invernos gelados, chuvosos permanecia agachada e sentada no pequeno torpeço junto à lareira. O frio entrava pela porta que tantas vezes era aberta para que a minha avó entrasse e saísse enquanto tratava da almoço ou da comida para os animais.

Eu, lá estava a tentar vestir a roupa e tirar o pijama em cima da lareira. Depois comia a broa torrada com manteiga e um copo de leite com café bem quente. Ainda ia lá fora espreitar a chuva por debaixo do telheiro. Via e cheirava a terra do seu tom castanho que já estava encharcada com a água da chuva. As ervinhas bem tentavam espreitar e arrebitar mas a chuva às vezes era tanta e o frio do vento cortante. 

Era no Natal que lá íamos à aldeia da minha avó e também na Páscoa mas na Páscoa o tempo já não era tão frio. Natais congelados que eram, sentir o frio entranhar nos ossos principalmente quando íamos para a cama com mantas geladas... nem os cobertores aqueciam. O nosso corpinho ainda muito jovem aguentava aquele frio todo mas havia sempre uma gripe ao regressar a Lisboa. Bons tempos em que o Inverno era Inverno, Primavera era Primavera e Verão era Verão.

 

Neste desafio participo eu, a FátimaConcha, A 3ª Face, a Maria Araújo, a Peixe Frito, a Imsilva, a Luísa De Sousa, a Maria, a Ana D., a Charneca Em Flor,  a Gorduchita, a Miss Lollipop, a Ana Mestre a Ana de Deus, a Cristina Aveiro, e a bii yue.

20
Jan21

Vestido não concretizado

CÉLIA

selo.png

Bom dia !!!!

Ora hoje é um dia diferente e apresento-vos um texto feito por mim para o desafio Caixa de lápis de cor feito no Blogue da Fátima.

Agradeço-te Fátima por me convidares e aproveito para colocar a minha deixa para que se houver alguém que queira participar, passem no blogue da Fátima pois ela vai gostar que façam também este desafio. 

Antes demais quero saudar-vos por aqui estarem a lerem estas palavras. Não sei quantos desafios já fiz na sapo mas, de escrita acho que é o segundo. Fico contente por a Fátima lembrar-se de mim, assim, posso pensar que até escrevo mais ou menos bem .   

É um bom desafio, por isso tinha mesmo que aceitar. Sem mais demoras vou vos deixar o meu texto com inspiração na cor da semana ... Azul Marinho...

 

Vestido não concretizado

Ainda estávamos longe desta trovoada e tempestade horrível, chamada covid. Tinha apenas 19 anos e sim, eu amava o azul em toda a minha roupa. Acho que entre gangas, camisolas e casacos  tinha pouca roupa sem ser azul. Mas foi então que eu decidi mandar fazer um vestido azul marinho de tecidos lindos. Escolhi na loja dos tecidos de Moscavide, um tecido azul marinho transparente e outro da mesma cor que era um pouco brilhante e fazia lembrar a cor do céu com as suas estrelas. Estava tão empolgada porque tinha feito um desenho de um vestido lindo com uma pequena peça transparente lindíssima para apenas adornar a parte de cima. Essa transparência fazia lembrar mais ou menos uma pequena camisa mas que fazia toda a diferença. O vestido seria azul marinho, de alças finas, justo e teria umas pregas que vinham do lado esquerdo da cintura até a baixo. 

Entreguei os tecidos e o desenho a uma costureira nossa conhecida para fazer o vestido, ela disse que fazia na perfeição. Eu confiei e quando foi na altura de experimentar achei o vestido muito estranho. Assim, sugeri algumas ideias e disse como eu queria. A senhora quis fazer o vestido à maneira dela, com alças largas, largo na parte de cima e largo na cintura. 

A pequena peça transparente não era nada do que eu pedi, ela fez literalmente uma camisa.  Fiquei destroçada e com raiva ao mesmo tempo. Não lhe disse nada da minha insatisfação mas acho que a minha mãe que  também não gostou deve ter dito coisas péssimas porque a costureira nunca mais nos falou.

A história não fica por aqui... este vestido era supostamente para o meu baile de finalistas e tive de comprar um vestido à última da hora. Apesar de ficar-me muito bem não era nada do que eu pretendia para o baile.  Aquele vestido azul teria sido maravilhoso se a senhora tivesse feito o que pedi e depois disto nunca mais pedi a uma costureira que fizesse roupa para mim.

Mas ainda não acaba aqui... encontrei, talvez em 2018 ou 2019, o vestido exactamente o que eu desenhei, azul marinho numa loja de noivas de Moscavide  sem os ditos defeitos que o outro tinha.

Se eu encontro a costureira vou lhe rogar uma praga via olhar, a sério que vou....

Não confiem nas mãos de qualquer costureira, a sério. E não confiem nas pessoas a 100 por cento literalmente. As pessoas pregam-nos com cada rasteira....

Dita a história, tirem as vossas conclusões. Eu cá nunca mais esqueci o dito vestido porque era realmente muito importante para mim, era um vestido desenhado por mim que acabou numa loja de Moscavide e eu nunca usei porque o que a costureira fez estava horrível.

 

Neste desafio  estão presentes...

Fátima

Concha , A 3ª face , Maria Araújo , Peixe Frito , Imsilva

Luísa Sousa , Maria , Ana D , Charneca em flor

Mais sobre mim

foto do autor

Terra Azul

Neste livro para crianças, está a importância de preservar, respeitar, amar a natureza e os animais; valorizando todos os seres vivos, o amor, a vida e a simplicidade na vida de cada um.

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2022
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Desafio Caixa de Lápis de Cor