Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Assuntos do quotidiano, amor, família, amigos e várias experiências de vida. Fica por aqui ;)

O meu livro todos os dias

O meu primeiro livro foi escrito aos poucos durante alguns anos, nas horas mortas. Pensei muito naquilo que queria escrever e fiz com muita dedicação. Quiz fazer um livro que eu gostasse mesmo muito e adoro o meu livro. Não houve ninguém que não gostasse de o ler. Ofereci vários a amigos e família. Também vendi muitos. Para mim foi um sucesso apesar de ter sido só uma centena de livros impressos e por consequência vendidos e alguns dados. A história é um conto sobre a natureza, (...)

Animais nossos grandes amigos

Temos 3 animais adoptados, 3 amores que resgatámos da rua. O Fox é o cão da minha irmã, muito bonito, muito meigo e muito esperto. Já passaram mais de 6 anos que ele veio viver para casa dos meus pais com a minha irmã. Tem sido uma grande companhia, é o ai Jesus lá de casa, um verdadeiro bébé. Muito bem tratado, passeia todos os dias de manhã e à tarde pelos parques da zona. Sabe sempre quando está alguém a chegar, dá logo sinal e vai para a porta esperar. Muito (...)

Reportagens que chocam e dão muito que falar

RTP 1 passou uma reportagem na passada segunda que é terrível sobre o transporte de animais. Já há muito que se sabe destas situações mas eu não consegui ver nem metade da reportagem. Este ano estou farta de ver coisas horríveis que se passam no mundo todos os dias, minutos e segundos. Desde os atentados ao ambiente, a alimentação, os animais, os compostos químicos dos produtos....  Isto não dá sequer para pensar, tem de haver sim uma forma de agir de imediato e mudar (...)

Fogos intermináveis

Estão de volta incêndios a queimarem sem parar. É horrível ver nas televisões, todo o fogo que não para de queimar florestas, casas, hortas, animais...ver pessoas aflitas que tentam proteger suas casas. Bombeiros queixam-se que não conseguem actuar nos incêndios como deviam porque em Lisboa dão ordens contrárias. Depois há as pessoas que perderam tudo e não se sabe se as ajudas a essas pessoas, está a ser feita.  Como é que é possível arder tantos hectares de floresta, (...)