Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

...RAIOS DE SOL

Assuntos do quotidiano, amor, família, amigos e várias experiências de vida. Fica por aqui ;)

...RAIOS DE SOL

Assuntos do quotidiano, amor, família, amigos e várias experiências de vida. Fica por aqui ;)

23
Out18

Outono/Inverno o que fazer?

CÉLIA

E é já esta semana que vai descer as temperaturas.

Dizem que a partir de sexta começa o tempo frio e tu estás preparada/o?

Comprei a lenha para a lareira só neste mês e foi mesmo nos últimos dias quentes. Vai ser difícil aceitar outra vez os dias cinzentos, chuvosos e frios. Faz-me tanta falta o solinho.

O que fazem vocês no Outono/Inverno para além de trabalhar?

Eu penso e penso nisto e sinceramente acho que pouco faço nestes tempos frios.

Ora primeiro tenho o blogue para actualizar, vejo tv, acendo a lareira, vou uma vez ou outra ao cinema, nos melhores dias dou uma voltinha de carro e também faço caminhadas. Uma coisa que faço sempre todos os meses do ano, vou pelo menos uma vez comer fora.

Quem tem mais ideias? Partilhem se fachavor que eu agradeço.

Beijinhos pessoal 

 

23
Out18

Comida

CÉLIA

Desafio de escrita Outubro

Dia 23

Comida

 

As minhas aventuras com a comida estão a ser impressionantes. Desde o inicio de Setembro que ando a reeducar a minha alimentação. Lá fui a uma nutricionista e tenho seguido mais ou menos o plano alimentar.

Querem saber o que aconteceu?

Alterei muita coisa:

Cortei um bocadinho nos hidratos de carbono

Só como um pão por dia 

Só como 1 iogurte por dia

Só como 2 peças de fruta por dia

Bebo leite magro

Só como queijo da vaca que ri e tipo matinal

Tenho de beber mais água

e fazer caminhadas

 

ORA, SOPA, LEGUMES E SALADAS já faziam parte da minha alimentação mas agora tem de ser ainda mais.

Sejamos honestas, há coisas que me ultrapassam e nem sempre faço tudo direitinho mas tem sido uma luta muito grande. Uma coisa boa é que já perdi mais o apetite, o que é muito bom, assim não como tanto como comia.

Eu engordo muito facilmente. Tenho de ter o máximo cuidado mas há dias que como uns quadradinhos de chocolate ou uma sobremesa  

Então desde Setembro para cá só perdi literalmente 1 quilo e meio. 

Não fiquem com essa cara, porque tem sido muito complicado, não é nada fácil.

Devagar se vai ao longe...

 

 

22
Out18

Fotografia

CÉLIA

Desafio da escrita Outubro

Dia 22

Fotografia

 

Gosto de tirar fotografias. Nas viagens, nos aniversários, na praia, no campo...momentos importantes.

Em 2010 foi uma maratona de fotografias, tirei centenas de fotos na Madeira. Foi a primeira vez que andei de avião e foi das viagens mais lindas que fiz na minha vida. Momentos inesquecíveis bem guardados. Imprimi as fotos mais lindas e guardei todas em disco externo.

Até essa altura imprimia todas as fotos, mas depois como já tinha tantas, mas tantas fotos em vários álbuns comecei a guardar em disco e pen. O meu pai dizia sempre que gastava uma fortuna em rolos de fotografias  mal ele sabe tantas fotos que eu tenho 

E vocês também coleccionam centenas de fotos?

22
Out18

Água

CÉLIA

Desafio de escrita Outubro

Dia 21

Água

 

Poupar água!!!! Poupe água porque não vivemos sem ela.

Nos banhos rápidos de duche, na lavagem da roupa, a lavar os dentes, a despejar o autoclismo, na lavagem do carro, na lavagem de terraços... Pense sempre duas vezes na melhor forma de poupança, pense no futuro das crianças, no dia de amanhã. Não suje os rios e o mar, não deite lixo, preserve a natureza. 

Já pensou como estaremos daqui a 10 ou 20 anos? 

A água é uma das coisas mais importantes para nós, animais e plantas. Perserve hoje para ainda termos futuro amanhã.

Eduque os seus filhos com a poupança de água e influencie os outros também a poupar. 

É muito importante por isso não esqueça e começa já a poupar água.

 

22
Out18

Luz

CÉLIA

Desafio de escrita Outubro

Dia 20

LUZ

 

Quando tudo parece que está contra nós, as portas fecham-se e ficamos ali sem saber o que fazer, para onde nos virarmos. Há casos mesmo de limite.

Derrepente surge uma luz ao fundo do túnel e dá-nos a entender que por mais voltas que a vida dá, há uma solução para cada problema.

Quantas vezes nos deparamos com situações tão difíceis e conseguimos nos levantar e sair do poço. É assim a vida e por isso há que ter esperança sempre e não nos deixarmos entregar a nenhuma tristeza, sorri, sorri sempre.

19
Out18

Aldeia

CÉLIA

Desafio de escrita Outubro

Dia 19

Aldeia 

 

Uma pequena aldeia no meio das serras com pinheiros e eucaliptos ficava cheia de gente por Agosto. Vinha muita gente de Lisboa e até de outros países como França. Na festa da aldeia em Agosto reuniam-se as famílias e amigos, era uma grande festa de três dias, sábado, domingo e segunda sempre no terceiro fim de semana. 

Tantos dançavam pela noite dentro, divertiam-se crianças, jovens e adultos. havia sempre comes e bebes e a quermesse com rifas. Eu comprava algumas rifas mas só me saia pastilhas elásticas ou objectos sem interesse nenhum.

O que eu me divertia com amigas e primas, era sempre uma alegria muito grande quando vinham finalmente as férias. 

Na aldeia todos se conheciam e cumprimentavam todos os dias, havia sempre também os mexericos, o disse que me disse. Por vezes era engraçado mas outras vezes não era nada agradável. Nas histórias das aldeias acrescenta-se sempre um ponto, ou seja, muita coisa se falava até demais. Na igreja havia sempre risota com o padre que vinha quase sempre bêbado, a cair e ele tinha sempre a mania de dar um sermão principalmente para a juventude.

Quem se atreve-se a levar uma mini saia para a missa levava sermão na certa 

Adorava lá ir todos os anos, agora não vou porque a minha avó já não está lá e está num lar. Já não é a mesma coisa, muitas pessoas morreram, casas fechadas e muito poucos vão até à dita festa. 

Perdeu o encanto e com os incêndios pior ficou. Já foi um sítio de muita alegria... 

 

 

18
Out18

Laranja

CÉLIA

Desafio de escrita Outubro

Dia 18 

Laranja

 

As crianças brincavam no quintal da tia Maria, avó da Nanda. Corriam de um lado para o outro numa alegria contagiante.Haviam laranjas no quintal caidas das laranjeiras e decidiram apanhar algumas e comer. Na brincadeira, sujaram-se com o sumo de algumas laranjas mais maduras.

Aquilo é que foi uma salada de frutas com tanto sumo espalhado nas camisolas e vestidos dos miudos e miudas.  Nandinha correu para avó e disse:

- Avó, comemos as laranjas todas, não faz mal?

- Nandinha vais ter uma dor de barriga com tanta laranja.

- Não me doi nada vózinha. Podemos fazer um bolo de laranja?

- Podemos querida. Vamos fazer o bolo de laranja mais delicioso do mundo.

Todos quiseram ajudar a avó Maria e naquele dia todos levaram bolinho para casa para oferecer aos pais e irmãos.

Coisas simples da vida fazem a alegria de crianças e adultos. É uma alegria estes momentos que ficam na memória de cada um. 

Trata-se apenas de ficção mas quantas histórias de infância parecidas com estas não temos na lembrança de cada um de nós. 

18
Out18

Relógio

CÉLIA

Desafio de escrita Outubro

Dia 17

Relógio

 

Tenho muitas más experiências com relógios. Nada do que estão a pensar, apenas que eu acabo por destruir esses objectos de uma maneira terrível.

Uma vez ia de viagem para a Madeira,no aeroporto quando estava com o meu marido a passar naquelas máquinas que temos de tirar as malas e casacos (pomos as coisas numas caixas para passar no detector), coloquei as peças e não é que eu não sei como fiz mas mandei com um relógio do meu marido para o chão. Claro que ele partiu umas peças por dentro. Pior é que ele adorava aquele relógio. Imaginam a minha aflição. "- Ai aamor desculpa, não dá para arranjar?" E ele com uma cara de meter dó.

Noutra vez vez, tinha eu 13 anos, foi um relógio de pulso à vida que tinha só um ano ou menos. Eu simplesmente tirei do pulso para ir para um tanque tomar banho. Quando acabou a brincadeira no tanque procurei, procurei e nada. No ano seguinte diz-me a minha prima que o tinha encontrado todo estragado no meio de uns paus de madeira na horta perto do tanque.

Depois há as vezes sem contas que estraguei relógios com água, por isso tive dois relógios da swatch que me duraram mais tempo.

Para terminar, na casa do meu pai há um relógio de parede que durante muitos anos faziam muito barulho porque tocava as meias horas,e as horas. À meia-noite tocava 12 vezes aquele barulho estridente....

Hoje ainda lá está mas o meu pai tirou-lhe o pio...

 

 

 

18
Out18

Escritório

CÉLIA

Desafio de escrita Outubro

Dia 16

Escritório

 

Já desconfiava há muito tempo que se passava algo entre o marido e aquela rameira, pensava ela.

Queria apanha-lo em flagrante então decidiu inventar uma saída com umas amigas que só voltaria no dia seguinte.Tudo mentira claro está para dar oportunidade que ele se senti-se mesmo à vontade para se encontrar com a dita cuja.

Ora o tal dia chegou e Olinda despediu-se do marido que ia para escritório trabalhar.

- Já sabes que vou ter com as minhas amigas hoje. E não esperes por mim que durmo em casa da Marta.

- Tudo bem. Divirtam-se e não te preocupes comigo que fico bem.

- Ok querido. Até amanhã.

- Até amanhã fofinha.

Mal o marido virou costas, ela seguiu o marido que foi supostamente trabalhar no escritório da firma. Mas ela tinha a certeza que ia vê-lo com a lambisgóia que passava a vida a telefonar. Um dia dia tinha apanhado umas mensagens bem comprometedoras e sabia que ela era uma colega de trabalho.

Na hora de almoço foram almoçar juntos mas não deram bandeira, nem um beijo nem um abraço mas Olinda sabia que nessa noite depois de saírem do trabalho de certeza que iriam ficar juntos.

Olinda ali ficou num café a ver à distância até cair a noite e depois de tanto tempo de espera lá se deparou com a cena que nem queria acreditar. O marido e a rameira nos maiores abraços e beijos dentro do carro.

Não quis ver mais nada, ainda tinha uma pequena esperança que fosse uma pura invenção da sua cabeça mas não, ali estavam eles naquela situação. Aquilo já durava certamente há  muito tempo, quem trai uma vez, volta a trair. Lá se foram 15 anos de casamento, ali mudou tudo e Olinda naquela mesma noite fez as malas do marido e colocou-o fora de casa. Ele bem disse que era inocente, esperneou, ajoelhou mas num instante já de saturação abriu a porta de casa para a rua e obrigou o marido a sair.

Acabou assim aquela relação que já tinha acabado há muito tempo. Olinda acabou ali a sua história com António. É o fim de uma história mas começa um novo caminho.

 

15
Out18

Vida

CÉLIA

Deasafio de escrita Outubro

Dia 15

VIDA

 

Tanta coisa para escrever, tanto se pode comentar, penso muito na vida no geral. O que me vem logo à cabeça são 41 anos de vida, como é que é possível? Parece que ainda ontem ia para o primeiro dia de escola...

Passou, passou o tempo. E o que aprendes-te????

Respeitar mas não confiar em qualquer um.

Amar mais, enervar-me menos.

Ser simpática e agradável.

Esquecer coisas más.

Perdoar nem que leve anos.

Apreciar as coisas boas da vida e dar mais valor a coisas simples.

Não odiar.

Comer menos.

Andar mais.

Nos momentos maus, pensar que amanhã é outro dia.

Cuidar mais de mim.

Tento sempre não me preocupar tanto com tudo.

O que é receber e dar amor aos animais.

Adorar o mar.

Partilhar uma vida a dois.

Que eu não sou nem melhor nem pior, aceitar-me.

A vestir número XL e não ter pena de mim própria.

A aceitar os meus cabelos brancos, as rugas, as estrias e a celulite.

A cozinhar.

A ser organizada e arrumada.

A continuar a sonhar.

A procurar coisas novas, lugares novos, outras experiências.

A deixar de ser forreta.

Amar a vida com os altos e baixos, nunca desistir mesmo que a minha vida seja um dia tão negra e sofrida, não desisto. Sou feliz, porque já tenho 41 e todos os problemas por mais graves que sejam eu agento tudo firme e em pé.

 

 

 

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Terra Azul

Neste livro para crianças, está a importância de preservar, respeitar, amar a natureza e os animais; valorizando todos os seres vivos, o amor, a vida e a simplicidade na vida de cada um.

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Desafio Caixa de Lápis de Cor