Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

...RAIOS DE SOL

Assuntos do quotidiano, amor, família, amigos e várias experiências de vida. Fica por aqui ;)

...RAIOS DE SOL

Assuntos do quotidiano, amor, família, amigos e várias experiências de vida. Fica por aqui ;)

30
Ago18

Roupas e mais roupas para limpar, passar e arrumar...

CÉLIA

A minha vida é muito emocionante........ enfim vocês podem ver:

O que é que me aconteceu esta semana?

Fui descobrir entre carradas de toalhas de casa de banho, toalhas de mesa, lençóis e outras roupas especiais guardadas numa caixinha muito bonita  que estava tudo a cheirar muito a mofo. Era um cheiro tão forte que fiquei com dores de cabeça...

Lá tirei tudo para fora do gavetão da minha cama e foi de lavar até agora umas 3 máquinas cheias de roupa e ainda falta lavar uma toalha enorme vermelha e umas peças de roupa especiais (lingerie e meias).

Já estive à bocado agarrada ao ferro a passar essas toalhas, lençóis e ficaram algumas toalhas para passar talvez logo ou para outro dia.

Na dúvida revoltei os roupeiros para ver se estavam as roupas limpinhas ou se ainda tinha mais roupas a precisar de ir para lavar. Acho que por agora está tudo. 

Resumindo...

desde a Primavera que tive de lavar todas as nossas roupas de Inverno, lençóis que não foram usados (estavam amarelos),cobertores, mantas, edredons e agora esta semana tive este presente que contei nas linhas atrás. 

No Inverno choveu tanto, tanto e mais o frio que a minha casa fica assim. Todos os dias abro janelas e no Inverno coloco o desumificador sempre a trabalhar.  É assim, já não é a primeira vez que tenho de revirar tudo no Verão, volta e meia é isto. Aliás, para vocês verem eu mudei para esta casa em Dezembro 2016 e coloquei todas as roupas bem limpinhas nos roupeiros também bem limpos e arejados.

Uma coisa é certa, sou obrigada todos os anos a dar volta à casa toda, não me podem dizer que é falta de limpeza... 

Será que sou só eu a ter esta trabalheira todos os anos????

Beijinhos e bom dia para todas e todos, já está ai mais um fim de semana à porta 

25
Ago18

100 anos de vida

CÉLIA

10 de Março de 2019 faz a minha avó 100 anos  

Senhora, minha avó que nasceu na Amoreira, Pampilhosa da Serra e toda a vida trabalhou no campo e em várias casas particulares.

Era eu pequena e ela já velhinha, trabalhava sem parar. Tomara eu ter metade dessa sua energia todos os dias.

Hoje, já não consegue estar de pé sozinha, não ouve, está quase sempre sentada, doem-lhe frequentemente as pernas e a cabeça. A sua cabeça está toda baralhada, não reconhece as pessoas, fala muito mas diz coisas que não têm sentido. Muito magrinha e já muito velhinha está num lar da Sertã. Alzheimer, tem ela, já há alguns anos...

Mesmo assim, tão fraquinha, cansada e baralhada já tem 99 anos.

Vamos visitá-la ao lar várias vezes mas é sempre pouco. Ela gosta muito das senhoras do lar e cada vez que a vemos, fala muito mesmo que diga coisas sem sentido nenhum. Nós praticamente só acenamos com a cabeça porque ela não nos ouve e eu seguro nas mãozinhas dela. 

Já lá vão mais de 7 anos que ela foi primeiro para um lar em Orvalho (Oleiros) e depois foi para a Sertã onde ela é muito bem tratada.  

O tempo não perdoa e já lá vai muito longe, o tempo em que passava o Verão com a minha avó na aldeia onde ela morava. Recordo sempre esses momentos com muita saudade. Com os incêndios de Outubro do ano passado, está tudo um deserto, onde eu fui tão feliz. Está tudo queimado, tudo depenado e agora só daqui a muitos anos se irá ver os pinheiros mais altos. Depois falta lá a minha avó que nos recebia na casinha dela, sempre tão contente quando chegávamos.

A vida muda muito e há muita coisa que se vai perdendo, é assim esta vida ...

 

 

21
Ago18

Aniversário do meu blogue

CÉLIA

17351128_bYqvZ.jpeg

 

 

 

Dicidi escrever aqui há 2 anos. 

Partilho várias coisas com vocês, opino e conto facetas do dia a dia. Há dias bons e outros mais murchos. É bom escrever e saber que alguém perde um pouquinho do seu tempo para ler as minhas escritas. Não sou uma estrela dos blogs mas também não me interessa. Faço algo aqui que gosto e através de vós descubro muita coisa que se passa neste mundo, descubro também que temos muitas coisas em comum.

Neste mundo da internet lê-se textos muitos bons, partilha-se vidas e criam-se laços de amizade.

Há muitas pessoas que nunca vi e gosto de as acompanhar nos seus blogues, ler as suas histórias engraçadas que nos tiram sorrisos. Há também desabafos mais tristes e eu tento dar um pouco de ânimo. 

Tem sido uma boa experiência, gosto de aqui estar na escrita. Não sou grande escritora mas é muito bom desafiar-nos a criar textos regularmente, que possam despertar alguma atenção. 

E assim passaram 2 ANOS DE BLOGUE, 2 anos de vida em palavras.

Não há palavras para descrever tanta coisa que se passou, tem sido mesmo muito bom estar com vocês

Continuem a escrever e a comentar que eu vou estar aqui também, que venham muitos mais anos...

 

Beijinhos e boa terça feira!!!!     

 

 

 

20
Ago18

Adereços, cuidados e imagem

CÉLIA

Brincos, anéis, pulseiras e fios são adereços que usei durante muitos anos. Não saía de casa sem pelo menos uns brincos. Adorava comprar muitos brincos nas pequenas feiras. Pulseiras tinha muito poucas e tinha alguns fios a combinar com os brincos.

Com passar dos anos deixei de comprar brincos, fios e pulseiras. Tinha outras prioridades e foram adereços que começaram a ficar para trás. Como passavam os anos e não comprava nada comecei a não usar nada porque já eram velhos. 

Hoje, tenho alguns em perfeitas condições mas não uso. Tenho uma caixinha cheia de brincos e outra com fios. Muito raramente lá coloco um fio de pedras que gosto muito e é só.

Prata, outra coisa que deixei de usar que gostava muito. Tinha anéis, brincos  e fios de prata mas com o tempo perdi tudo. Deixei de comprar também.

Já fui mais vaidosa, o suficiente mas agora posso dizer que não sou. Gosto muito de ter um bom cabelo tratado, compro bons shampos, cuido da minha pele, protejo-me do sol com bastante protector. Tenho sempre nivea em casa para a minha pele e uns cremes bons para os pés. Trato dos meus dentes regularmente. Faço sempre depilação de rosto e corpo em casa. 

Hoje, gosto muito de uma cara limpa, não gosto de maquilhagem. Também não gosto de pintar as unhas, pois as minhas unhas não resistem bem aos vernizes e tenho umas boas unhas sem verniz.

Não sou nada vaidosa como podem ver mas gosto de mostrar principalmente uma pele, dentes, cabelo e unhas saudáveis. Não fumo nem bebo álcool. 

Acho que estou bastante bem para a minha idade e sinto-me bem assim com um aspecto bastante clean.

 

17
Ago18

Os meus pais

CÉLIA

Os meus pais sempre tiveram uma vida de sacrifício. 

Trabalharam toda a vida, são reformados e mal pagos. A mãe continua a trabalhar metade do dia para fazer face às despesas.

Os meus pais são pessoas com quem falo todos os dias, são uma parte da minha família. Há coisas que eu não concordo neles mas são os pais que se sacrificaram por mim e pela minha irmã.

São pais com um casamento cheio de conflitos até hoje. Podem imaginar como foi viver numa casa com discussões todos os dias.

Apesar de tudo, eu ajudo no que posso, todos os dias, podem sempre contar com as filhas e o genro. 

Muitos erros cometeram na vida deles mas não evoluiram. Vivem numa casa sem paz. Não sabem falar um com o outro.

Não sei como é que duas pessoas conseguem viver assim.

Na minha vida, nunca estou completamente em paz. Tenho de conviver com estas pessoas extremamente negativas e tenho de as ajudar. Não tenho rancor ou raiva de nada mas muitas vezes vou-me abaixo de ver tanta miséria humana de sentimentos. Relações impossíveis que se mantém e prejudicam ao seu redor.

A minha vida não é fácil, tenho imensos problemas mas apesar de tudo eu agradeço a Deus as coisas boas que tenho. Nem tudo são espinhos, a minha vida tem coisas muito boas também e não me falta coragem para lutar todos os dias com um sorriso nos lábios.

 

16
Ago18

Pensamentos de vida

CÉLIA

Todos os dias desvio os meus pensamentos. Faço força para não pensar em coisas más. 

Há muita coisa que me preocupa e eu rapidamente mudo os meus pensamentos porque sei que me fazem mal. Não devemos encher a cabeça com preocupações. É difícil, muito difícil mas é possível esquecer o passado e as preocupações, os medos...

Quero experimentar um trabalho, ver como reajo. Há muitos anos que não sei o que é sair de casa para ir para um trabalho. Não sei o que vai acontecer, nem sei se vou conseguir ser aceite mas quero tentar.

Os meus pensamentos invadem-me a toda a hora sobre este assunto. Sinto que preciso mudar, sair da concha, acreditar em mim e aprender novamente a fazer algo.

Já são tantos anos em casa, que ás vezes fico desesperada com tudo. Tudo é complicado, são tantos anos de limpezas e cozinhar que já nem sei fazer mais nada.  Por vezes até já fico sem saber como fazer as coisas, sem saber como começar...

Cansada, ando cansada de tanta coisa...

E depois penso, se em minha casa já ando farta de fazer as mesmas coisas, como vou enfrentar um novo trabalho?

Lá vem o receio de falhar, de não aguentar.

 

Ainda não posso já procurar trabalho porque tenho assuntos pendentes e ando assim a moer a cabeça com estes pensamentos, a pensar em porcarias e a sofrer antecipadamente.

Mas com muito esforço eu contorno isto tudo e esqueço estas tretas todas. Faço exercícios mentais e desvio os meus pensamentos para coisas melhores.

 

Pensamentos do dia:

Tens que acreditar em ti

Tu és tão boa ou melhor que os outros

Tu és capaz

Tu és forte

Tu consegues

Aos poucos tu chegas lá

Não ligues ao que os outros dizem, segue o  teu caminho.

 

 

 

 

 

13
Ago18

Alimentação e exercício a mudar

CÉLIA

Para quem tem sempre muita fome é difícil controlar a comida, então comecei a comer aveia.

Junto aveia com uma mistela triturada de iogurte, diversas sementes, espinafres, pepino, gengibre e leite. Outras vezes junto aveia com iogurte, leite e diversas sementes.

Estas papas que faço ao pequeno almoço e/ou ao lanche controlam-me a fome e fazem bem. Como eu, há muita gente que tem de tomar medicação que faz engordar e temos que contornar estes apetites vorazes.

Na minha alimentação faço muita sopa e saladas. Não consigo largar um bom bife ou um frango assado mas também como muito peixe e fruta. 

Pretendo cortar mais na carne, substituir por mais sopas e peixe. No Inverno não gosto muito de comer saladas mas agora sabem muito bem.

Ao longo dos anos tenho cortado nos açúcares mas tenho de cortar ainda mais. 

Segundo as minhas análises, tenho de controlar o colestrol. Se eu perde-se 10 kilos fazia toda a diferença. 

O importante é comer o mais saudável possível e continuar as minhas caminhadas.

Já consigo fazer caminhadas de 1 hora sem parar. E sabem que mais, o peso continua na mesma.

Uma coisa é certa, eu não vou passar fome e cortar na comida. Acho que dietas fazem muito mal ao nosso organismos, temos é de comer bem e mexermo-nos.

Há um tempo atrás, contei aqui das minhas caminhadas todos os dias e continuei durante bastante tempo. Agora é verdade que vou andar a pé umas duas ou três vezes por semana mas em vez de andar só meia hora, já consigo andar uma hora.

Apesar de ter peso a mais, a minha vida mudou aos poucos. Quem quer mudar tem de ser assim a pouco e pouco. É muito importante o exercício físico e mudar a aimentação.

O que eu mudei:

comer menos pão 

reduzir o açúcar no café

comer iogurtes naturais em vez de aromas

não fazer tantos bolos ou doces

não comprar tantos bolos de pastelaria

comer mais fruta, sopa e saladas

Comer menos queijo

comer flocos de aveia

beber mais água

não fazer muitos doces no Natal e Páscoa

não bebo refrigerantes nem álcool

 

No exercício já sabem, muitas caminhadas.

E é assim a minha vidinha, mas pensam que eu perdi muito peso??? nem pensar, só reduzi uns 4 ou 5 kilos mas é melhor que nada. 

 

 

 

 

 

 

11
Ago18

Os aumentos dos supermercados

CÉLIA

Do mês de Junho para cá, nota-se um grande aumento dos preços dos supermercados. 

Notei principalmente um aumento muito grande nas compras mais pequenas que gastava entre 20 a 30 euros passei a gastar aos 50 e aos 70  euros. Compras maiores que gastava mais ou menos 100 euros deparo-me com uma conta neste mês passado de quase 160 euros. 

Eu não mudei quase nada a alimentação, a não ser no leite e os iogurtes que passei a comprar sem lactose. Reparei que o peixe que já era caro está ainda muito mais caro. A carne aumentou, mercearia aumentou e de uma forma geral está tudo mais caro.

No mercado também tudo aumentou. Eu gastava cerca de 10 euros em legumes e frutas, agora passou para quase 15 euros.

Aumentaram o ordenado mínimo e agora é isto, um descalabro total. Não há quem aguente isto, não se pode ir às compras. Por exemplo, acham normal 4 latas de atum, cerca de 4 euros? E queijo  sem ser embalado de barra fatiado, quase 3 euros. 

Já experimentei o Jumbo para ver realmente se é mais barato como dizem e num saquinho de compras lá foram 70 euros.

Eu estou mesmo seriamente a pensar em trabalhar em qualquer coisa porque qualquer dia não chega o dinheiro para tanta despesa. Vou ter que me empregar numa treta qualquer porque isto está mesmo mau.

 

E vocês não notam diferenças? Ou não repararam ainda nos preços?

 

Beijinhos e bom fim de semana!!!!  

 

10
Ago18

Momentos felizes

CÉLIA

Há coisas que me fazem feliz e uma delas é a praia. É mesmo muito bom para mim, sinto-me como uma criança, é só sentimentos muito bons. Não mergulho no mar mas fico feliz de estar à beira do mar, a sentir as ondas até quase à cintura. 

Outra coisa que gosto muito é tirar fotos, principalmente de paisagens. Estas fotos são do fim de semana passado.

WP_20180805_19_11_28_Pro.jpg

 

WP_20180805_19_12_06_Pro.jpg

 

WP_20180805_19_20_19_Pro.jpg

 

 

 

 

Pág. 1/2

Mais sobre mim

foto do autor

Blogs Portugal

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D