Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

...RAIOS DE SOL

Assuntos do quotidiano, amor, família, amigos e várias experiências de vida. Fica por aqui ;)

...RAIOS DE SOL

Assuntos do quotidiano, amor, família, amigos e várias experiências de vida. Fica por aqui ;)

Escapadinha para o campo

Foi um fim de semana em cheio. A casa de campo foi toda limpa no sábado e domingo. Na noite de sábado saimos da aldeia para beber café e no Domingo fomos à feira do pinhal em Oleiros. A feira estava cheia de tendas com artesanato, bolos e bebidas. Havia muitos comes e bebes. De tão cansados que estávamos saimos da festa pouco tempo depois, foi chegar a casa e deitar.  

Os incêndios de Abrantes, Ferreira e vila de Rei fizeram chegar muito fumo à nossa aldeia.  Estava imenso fumo por todo lado e quando hoje saimos de regresso a Lisboa, tivemos que vir pela estrada de Coimbra, via Ferreira e Tomar.

Foram três dias muito bons, assámos sardinhas, bronzeamos, tirámos fotos, passeamos, deixámos a casinha limpinha, fomos à festa e foi assim. Só tenho pena dos incêndios que continuam a destruir as nossas florestas e as vidas das pessoas. Tem sido horrível, todos estes fogos a desvastar áreas enormes. Isto é triste mas apesar de tudo correu bem a nossa viagem, sem precalços e chegamos bem a casa. Beijinhos e boa semana.

IMG_20170814_150702.jpg

IMG_20170814_150806.jpg

 

 

Ida para a aldeia

Esta quinta e sexta foram dias de por tudo em ordem para ir de viajem hoje, sábado pela manhã. Dei uma geral à casa, tratei das roupas e fiz uma malita (saco) de viagem. 

Vou para a aldeia da minha avó (Madeirã) que pertence ao concelho de Oleiros. Temos lá uma casa que vai ser limpa este fim de semana por nós (eu, marido, mãe e irmã).
Este fim de semana celebram as festas em Oleiros e nós temos que ir, claro. 
Ainda não sabemos muito bem que estrada iremos percorrer por causa do fogo em Abrantes. Espero que não haja problemas pela estrada fora.
Já é tarde, tenho de dormir que o fim de semana vai ser grande. Beijinhos e bom fim de semana.
 

Photo0471.jpg

 

Histórias para contar

parque-verde.jpg

 Gosto de fazer caminhadas. Tenho dois parques perto da minha casa e é lá que faço as minhas caminhadas. Ontem e hoje ao final do dia, lá fui eu percorrer os caminhos dos parques até ficar com as pernas cansadas. Nâo sei quantos metros andei mas fez-me bem. De ontem para hoje perdi 1 kilito por isso valeu bem a pena. Eu confesso que devia andar mais a pé mas tem dias que sinto-me mole e cansada. No Verão dá aquela moleza e soneira mas eu tenho de me aplicar mais no exercício físico.  Vou ver se perco esta preguiça e esticar bem estas pernas. Agora dizem que o exercício físico está na moda. Isto de modas irrita-me, é a mesma coisa que andar a copiarem-se uns aos outros e não terem personalidade. Nunca se falou tanto em ginásios, dietas e exercício como agora. Na Bertrand há carradas de livros só sobre isto. 

O culto do corpo e da imagem é cada vez mais uma obsessão. Hoje em dia é uma pressão enorme para estar impecável. As pessoas já se esqueceram da crise e toca a gastar dinheiro em ginásios, cabeleireiros, institutos de beleza e tratamentos de corpo. Eu própria sou pressionada constantemente para me vestir bem, comer menos e emagrecer. Isto é uma tortura e por vezes irrito-me com isto tudo. 

É horrível ouvir sempre que tens de emagrecer, fazer exercício e comer menos. É uma tortura constante ouvir sempre o mesmo, a mesma ladainha. 

Tenho muitos dias que não faço caminhadas no parque mas bolas, eu tenho sempre coisas para fazer em casa e por vezes saio de casa para ir ter com a minha irmã. Aproveitamos para levar o cão há rua, e isto também conta, acho eu. Não estou literalmente deitada ou sentada todo o dia, faço muitas tarefas e desloco-me várias vezes até casa dos meus pais. Eu não tenho culpa que o meu corpo não é de emagrecer, há pessoas que emagrecem por tudo e por nada e há outras como eu, inchamos fácilmente. Será assim tão difícil compreender alguém já com 40 anos que está farta de comentários sobre gordura?

Desculpem este desabafo mas há momentos que uma pessoa já não tem paciência para tanta falta de compreensão. O meu marido tem-me pressionado muito para eu me cuidar e para andar mais saudável. Eu evito tanta coisa mas há dias que custa muito evitar certas coisas. Será que a minha vida vai ser sempre assim? Já lá vão quase 10 anos que ando numa batalha com a balança e estou farta, a sério que ando muito farta. A escrita, o meu blog, tem sido uma coisa boa para eu por vezes, descontrair. Consigo exprimir muita coisa que por vezes me aborrece, é quase uma terapia e por outro lado, contar as coisas boas que me acontecem, é muito bom poder partilhar com todos.

Ontem comecei a escrever uma história. Estou a gostar da história que estou a inventar e espero conseguir terminá-la. Cofesso que já comecei algumas histórias e não as termino, canso-me delas e paro. Talvez porque tornam-se desinteressantes e perco a pica para as escrever. 

Bem...lá se passou mais um dia e aqui deixo-vos com estas minhas facetas, até breve, beijinhos e tenham uma BOA SEMANA!!!!

 

Um bom almoço

Hoje foi dia de fazer um almoço especial para a família. Fiz arroz de marisco para 5 pessoas, acompanhado  de salada e um bom vinho. Para a sobremesa, comemos morangos com chantilly. 

Já há anos que não fazia arroz de marisco. Procurei várias receitas na net e fiz à minha maneira. Ficou muito bom, tão bom que esvaziamos um tacho grande até ao fim.

Para finalizar a refeição bebemos todos, um cafézinho nespresso. 

Fico contente, correu tudo bem e todos gostaram do almoço. Depois desa bela almoçarada, uns dormem, outros vêm fotos, televisão e eu cá estou no meu blog. Assim passa o tempo e ficamos a gozar um Domingo descansado.

 

IMG_7844.JPG

 

 

 

 

A linda aldeia

Se tudo correr bem, para o outro fim de semana, vou à aldeia da minha avó. Vamos fazer uma limpeza à casa e aproveitar as festinhas da zona. Vamos levar sardinhas para assar na brasa e já estou a ver todos nós a deleciar-nos com as maravilhosas sardinhas acompanhadas com batatas e pimentos.

Como a casa vai ficar mais limpa, já estamos a pensar ir lá também em Outubro. Não há nada como o campo, as festas de verão com os arraias, o cheirinho das flores e das árvores, ver os animais, noites estreladas...

Vai saber tão bem, há que aproveitar ao máximo.

 

Photo0482.jpg

 

Os meus blogs e mudanças de vida

cartoon-housewife-cooking-vegetables-21448423.jpg

 

 

 

 

 

Eu já tive um blog dedicado à cozinha, compras e poupanças, entre 2013 e 2016. Esse blog já não existe porque me cansei literalmente. Partilho isto convosco para verem como as nossas cabeças mudam. Durante muitos anos dedicava-me à cozinha, adorava cozinhar e ter tudo perfeito em casa. Fazia mil e uma contas, procurava todas as promoções, lia blogs só de poupança, cozinha e compras.

Fiquei tão farta disto tudo que hoje peço ajuda ao meu mais que tudo para orientar-mos os dois a casa. É óbvio que procuro poupar imenso nas compras de supermercado mas é diferente, já não vivo obecada com isso.

Agora procuro vários blogs com temas interessantes e partilho a minha vida convosco neste espaço. Para mim os dias são uma luta constante para andar feliz. Procuro fazer o que gosto apesar dos horríveis trabalhos domésticos. Já viram como é a vida, a minha cabeça mudou literalmente e hoje gosto muito de ler os vossos blogs, escrever e tornar sempre os meus dias especiais com muito amor da família.

Outra coisa que me ocupa muito a minha cabeça é tentar ter uma vida mais saudável. Antigamente comia muita coisa que é só para a engorda mas mudei e apesar de estar bem gordinha faço para pelo menos para não engordar mais. Procuro fazer mais exercício físico, beber muita água, faço muita sopa, compro muitos vegetais  e é assim.

Próximo passo é pintar mais, comprar telas e pintar, pintar muito. Depois mostro-vos os meus trabalhos. Se quizerem ver trabalhos antigos podem ver este blog http://pintureworkcelia.blogs.sapo.pt/

Sejam felizes, uma boa sexta-feira e e um bom final de semana a todos. Beijinhos

Praia da Caparica

Hoje lá fui eu com a minha irmã, numa camioneta para a praia da caparica. Pelas 8.30 da manhã entrei na dita camioneta e cheguei às 9.30 à costa. Já na caparica, ainda fui ao café comer uma torrada e uma meia de leite antes de chegar à praia. 

Costumo ir à praia de carro mas desta vez lá fui eu, depois de tantos anos andar de novo nas RL. Quando era miúda ia na camioneta às 6 da manhã, fazia sempre uma semana de praia por volta de Junho ou Julho.

Então, assim que meti os pézinhos na praia, fui à água. Estava tão gelada que demorei a molhar-me. Não mergulhei nas ondas mas tive um bom bocado ali a apanhar as ondas nas pernas. A temperatura do sol estava óptima, ao meio-dia tivemos que sair por causa do calor e para almoçarmos.

O almoço foi uma aventura. Fomos ao barbas e meu Deus... calhou-nos um empregado de mesa que não dá para explicar. Fomos tão mal atendidas que nem pedimos quase nada, mesmo de propósito. Só para verem, a conta de nós as duas ficou-nos em 16 euros pois recusamos sobremesas, entradas e só pedimos uma dose de sardinhas.

No restaurante fiquei sem um boné que eu mal tinha usado, estava novinho. Só quando sai do restaurante é que me apercebi que me faltava o boné, voltei lá para o recuperar e nada. Sinceramente acho que me tiraram o boné enquanto estava destraida a almoçar, pois passavam muitas pessoas do lado de fora do restaurante e encostaram-se à esplanada onde nós estávamos. Podia ter sido pior, podia ficar sem a carteira mas felizmente isso não aconteceu.

Bem, lá fiquei sem o boné e fomos fazer tempo até às 4 horas. Voltámos para a praia e desta vez a água estava um gelo mesmo gelo. Não aguentei e fui logo para a toalha. Daí, não sai mais da toalha a não ser para ir de regresso a casa. Cheguei a casa toda suada pelas 7.15. 

Se foi um dia bom, foi, tirando o empregado de mesa e o boné. Assim se passou um dia cheio de aventuras...

 

Uma boa massagem

Receber uma massagem é muito agradável mas muitas pessoas pensam que é fácil fazer uma massagem, pois enganam-se redondamente. 

Ao fazermos massagens cansamo-nos e é doloroso nos pulsos, músculos das mãos e braços. É um trabalho cansativo e se não tivermos cuidado com as posições podemos ficar com dores nas costas, no pescoço, nas pernas, nos braços ou nas mãos.

Por outro lado, receber massagens é óptimo para a pele, os músculos, o sistema venoso e linfático. Adquirimos mais liberdade de movimento, relaxamos os músculos e tiramos contraturas. As massagens fazem muito bem, dando energia, relaxando e melhoram os nossos movimentos.

Eu já fiz muitas massagens, também já recebi várias vezes e aconcelho vivamente a experimentarem. Fiz um curso de massagem de reabilitação em 2011/2012 e não me arrependo nada, tem sido muito útil quando a família pede-me ajuda para problemas musculares. 

Em relação a valores, massagens entre os 20 euros são bastante baratas pois normalmente o preço de uma massagem pode rondar os 40 euros. Uma massagem completa tem 60 minutos mas há quem faça massagens localiadas de 20 a 30 minutos. Uma massagem completa é sempre muito boa, às vezes até adormecemos e as massagens localizadas são feitas quando nos dói uma parte espícifica do corpo como as costas ou as pernas.

Para quem ainda não experimentou, não sabem o que perdem, sabe mesmo bem. Boas massagens!!!!

Pág. 2/2

Mais sobre mim

imagem de perfil

Blogs Portugal

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D